Ética na produção e compartilhamento da informação
PDF/A
HTML
XML

Palavras-chave

Ética da informação;
Desinformação
Usuário da Informação
Fake News
Pós-verdade

Como Citar

FARIAS, M. W. N. de . Ética na produção e compartilhamento da informação: tensões a partir de uma perspectiva teórica. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Cristovão, v. 9, n. número especial, p. 1–18, 2022. DOI: 10.24208/rebecin.v9.345. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/345. Acesso em: 8 dez. 2022.

Resumo

O desenvolvimento das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação possibilitou uma nova perspectiva à sociedade. As formas de produção, compartilhamento e uso da informação foram alteradas e neste novo cenário o usuário figura como protagonista e media a informação transmitida. Mais que isso, pode influenciar na formação de conhecimento de outros usuários.  Apesar de inúmeros benefícios oriundos das tecnologias digitais, esse novo cenário amplia as possibilidades das desordens informacionais. No ambiente virtual os conteúdos disponibilizados são criados e circulam sem monitoramento, possibilitando a desinformação. Neste sentido, o artigo traz uma reflexão sobre a ética da informação relacionada ao fenômeno da fake news e cultura da pós-verdade. Com o trabalho, pretende-se debater sobre esta problemática informacional emergente nos últimos anos sob a ótica do campo da Ciência da Informação e identificar iniciativas que buscam combater a desinformação. A pesquisa é classificada como bibliográfica por trazer conceitos da área e qualitativa por apresentar análise crítica sobre a problemática em questão. Desta forma, conclui-se a web configura-se como maior sistema de publicação do mundo e que sua arquitetura aberta possibilita o compartilhamento de notícias falsas. Ainda assim, entende-se que a disseminação dessas informações incorretas está ligada a fatores relacionados à pós-verdade: crenças pessoais, conforto psicológico e/ou ganho pessoal. Neste cenário, a ética pessoal dos usuários ganha cada vez mais importância na sociedade.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v9.345
PDF/A
HTML
XML

Referências

ALVES, L. F. Fake News: contra-ataque à pós-verdade. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE ARTE E TECNOLOGIA, 17., 2018, Goiânia. Anais [...] Goiânia: Editora Ufg, 2018. p. 212 - 219.

AOS FATOS, Aos Fatos. 2021. Acompanham declarações de políticos e autoridades de expressão nacional, de diversas colorações partidárias, de modo a verificar se eles estão falando a verdade. Disponível em: https://www.aosfatos.org/. Acesso: 20 dez. 2021.

ARAUJO, C. A. A. A. O que é ciência da informação. Belo Horizonte: KMA, 2018.

BUCHANAN, C. Revisiting the UNESCO debate on a New World Information and Communication Order: Has the NWICO been achieved by other means?. Telemat. Inf. v. 32, n. 2, p. 391–399, maio 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.tele.2014.05.007. Acesso em: 20 dez. 2021.

BUCKLAND, M. K. Information as thing. Journal of American Society for Information Science, v. 5, n. 42, p. 351-360, 1991.

CAPURRO, R. A liberdade na era digital. In: GOMEZ, Maria Nelida Gonzalez de; CIANCONI, Regina de Barros (org.). Ética da Informação: Perspectivas e Desafios. Niterói: PPGCI/UFF, 2017.

DUNKER, C. Subjetividade em tempos de pós-verdade. In: DUNKER, Christian et al. Ética e Pós-verdade. Porto Alegre: Dublinense, 2017.

FLORIDI, L. The Ethics of Information. Oxford: Oxford University Press, 2013.

FOLHA DE S. PAULO, Lupa. 2020. A primeira agência de fact-checking do Brasil. Disponível em: https://piaui.folha.uol.com.br/lupa/. Acesso em: 20 dez. 2021.

GENESINI, S. A pós-verdade é uma notícia falsa. Revista USP, n. 116, p. 45-58, 2018.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

INSTITUTO Poynter, Poynter. 2020. Escola de jornalismo sem fins lucrativos localizada na Flórida, cujo validação dada aos veículos de checagem de informação legitima o trabalho destes sites. Disponível em: https://www.poynter.org/. Acesso em: 20 de maio 2020.

JORGE, T. M.; PEREIRA, F. H.; ADGHIRNI, Z. L. Jornalismo na Internet: desafios e perspectivas no trinômio formação/universidade/mercado. In: RODRIGUES, C. (org.) Jornalismo On-line: Modos de Fazer. Rio de Janeiro: PUC-Rio/Sulina, 2009.

LCARÁ, A. R.; PEREIRA, C. C. Formação e desenvolvimento de habilidades informacionais nas disciplinas de fontes de informação. REBECIN, São Paulo, v. 8, edição especial, p.01-13, 2021. DOI: 10.24208/rebecin.v8i.277

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MARTINO, L. M. S. Teoria das Mídias Digitais: Linguagens, Ambientes, Redes. Petrópolis: Vozes, 2014.

PARAJO, E. Internet, Desinformação e Democracia [recurso eletrônico]. / Eduardo Parajo (Coord.) – São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br, 2020. Disponível em: https://www.cgi.br/publicacao/relatorio-internet-desinformacao-e-democracia/. Acesso em: 12 nov. 2021.

INSTITUTO Poynter, Poynter. 2020. Escola de jornalismo sem fins lucrativos localizada na Flórida, cujo validação dada aos veículos de checagem de informação legitima o trabalho destes sites. Disponível em: https://www.poynter.org/. Acesso em: 20 de maio 2020.

JORGE, T. M.; PEREIRA, F. H.; ADGHIRNI, Z. L. Jornalismo na Internet: desafios e perspectivas no trinômio formação/universidade/mercado. In: RODRIGUES, C. (Org.) Jornalismo On-line: Modos de Fazer. Rio de Janeiro: PUC-Rio/Sulina, 2009.

LCARÁ, A. R.; PEREIRA, C. C.. Formação e desenvolvimento de habilidades informacionais nas disciplinas de fontes de informação.REBECIN, São Paulo, v. 8, edição especial, p.01-13, 2021.DOI: 10.24208/rebecin.v8i.277

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MARTINO, L. M. S. Teoria das Mídias Digitais: Linguagens, Ambientes, Redes. Petrópolis: Vozes, 2014.

PARAJO, E. Internet, Desinformação e Democracia [recurso eletrônico]. / Eduardo Parajo (Coord.) – São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br, 2020. Disponível em: https://www.cgi.br/publicacao/relatorio-internet-desinformacao-e-democracia/. Acesso em: 12 de nov. 2021.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Mayara Wasty Nascimento de Farias