Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://portal.abecin.org.br/rebecin <p>A Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação (REBECIN) é uma revista com periodicidade semestral, registrada sob o ISSN 2358-3193, de acesso livre e gratuito publicada pela Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (ABECIN).</p> ABECIN pt-BR Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação 2358-3193 <p>A ABECIN detém os direitos autorais dos trabalhos que publica, adotando as licenças do<em> <em>Creative&nbsp;</em>Commons</em>, exceto quando houver indicação específica de outros detentores de direitos autorais. Em caso de dúvidas, solicitamos consultar o Editor da REBECIN. Por meio dessa licença, o(s) autor(es) tem/têm a liberdade de compartilhar — copiar, distribuir e transmitir a obra, sob as seguintes condições:</p> <p>a) atribuição — você deve creditar a obra da forma especificada pelo(s) autor(es) ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).</p> <p>b) uso não-comercial — você não pode usar esta obra para fins comerciais.</p> <p>c) vedada à criação de obras derivadas — você não pode alterar, transformar ou criar em cima desta obra.</p> <p>Evidencia-se que:</p> <p>a) renúncia — qualquer das condições acima pode ser renunciada se obtiver permissão do titular dos direitos autorais.</p> <p>b) domínio público — onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.</p> <p>c) outros direitos — os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:</p> <p>- Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;</p> <p>- Os direitos morais do(s) autor(es);</p> <p>- Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.</p> <p>O(s) autor(es) submeteu(ram) a declaração de responsabilidade e transferência de direito autoral à REBECIN. Para tanto, faça o download do modelo da declaração acessando a URL: <a href="https://portal.abecin.org.br/rebecin/libraryFiles/downloadPublic/15">https://portal.abecin.org.br/rebecin/</a></p> <p>Obs.: Após ler e assinar envie o arquivo digitalizado junto com a submissão.</p> Editorial https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/228 Martha Suzana Cabral Nunes Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ 2020-12-23 2020-12-23 7 2 1 2 10.24208/rebecin.v7i2.228 Implicações da metodologia da problematização na Ciência da Informação https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/189 <p>O conceito de metodologias ativas e sua aplicação na Ciência da Informação ainda é considerado um tema escasso de estudo. Adotar metodologias que desenvolvem o fazer docente e o aprendizado discente é uma estratégia potencial no processo de ensino-aprendizagem. Este estudo objetiva apresentar a aplicação da Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez no ensino de conteúdos disciplinares de Organização da Informação e do Conhecimento nos cursos de Ciência da Informação. Considerada como uma pesquisa de natureza explicativa e bibliográfica, buscou-se o apoio em estudos de referência na Educação e na Ciência da Informação para caracterizar as ações pertencentes a metodologia em estudo e a aplicação desta no ensino docente. Para tanto estão caracterizados os pontos de ação do Arco de Maguerez, a saber: observação da realidade, pontos-chave, teorização, hipóteses de solução e aplicação à realidade. Estas ações integram o objetivo da Metodologia da Problematização, as ações do Arco de Maguerez e os temas de organização da informação e do conhecimento, resultado deste artigo.</p> Felipe Mozart de Santana Nascimento Fábio Assis Pinho Márcia Ivo Braz Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ 2020-12-23 2020-12-23 7 2 3 22 10.24208/rebecin.v7i2.189 Panorama dos Cursos de Graduação em Biblioteconomia a distância oferecidos no Rio Grande do Sul (RS) https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/191 <p class="Default" style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11.0pt; font-family: 'Arial',sans-serif;">Este artigo trata do ensino de Biblioteconomia a distância no Rio Grande do Sul e objetiva traçar um panorama do oferecimento desses cursos. A pesquisa inicia-se com busca de referencial teórico; desenvolve-se a partir da pesquisa no site do Sistema E-MEC do Ministério da Educação e da coleta de dados nos sites das instituições que oferecem tal curso a distância, buscando caracterizar tais cursos. Cinco são as universidades que os oferecem: quatro privadas e uma pública. O valor médio cobrado pelas mensalidades é de R$258,30. Os cursos têm duração média de 2.557,5 horas. Algumas universidades focam seus currículos nas disciplinas de conhecimentos gerais; outras em disciplinas relacionadas à informação e às TICs. Algumas disciplinas são comuns em todos os cursos analisados. Todos os cursos alvo desta pesquisa possuem autorização para funcionamento; no entanto, ainda nem todos foram avaliados pelo MEC. A Biblioteconomia é vista como uma profissão promissora por todas as universidades. Percebe-se que os cursos atendem ao exigido legalmente e também às demandas da formação profissional para o mercado de trabalho do Rio Grande do Sul. </span></p> Andressa Tornquist Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ 2020-12-23 2020-12-23 7 2 23 45 10.24208/rebecin.v7i2.191 Formação continuada e prática profissional https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/208 <p>Professores e bibliotecários são agentes formadores de indivíduos letrados em informação no contexto escolar e como tal carecem de formação continuada para a ampliação das suas práticas pedagógicas.&nbsp; Nesse sentido, a Universidade Federal de Goiás oferta o curso de Especialização em Letramento Informacional: educação para informação a fim de minimizar a lacuna na formação desses profissionais. O propósito desta pesquisa consistiu em identificar a ampliação do conceito de letramento informacional bem como ampliação e melhoria das práticas pedagógicas e/ou profissionais dos participantes do curso. Justificou-se por buscar compreender como os diferentes tipos de profissionais aplicam o letramento nas suas práticas profissionais após a conclusão do curso. Apresenta fundamentação teórica em letramento informacional por meio da releitura de autores como Gasque e Campello, que se dedicam à pesquisa nessa área do conhecimento. Para tanto, a pesquisa foi realizada a partir de análise documental sobre o curso e aplicação de questionário aos alunos concluintes. Desse modo, os resultados indicam que houve ampliação nas práticas pedagógicas da grande maioria dos participantes, principalmente no que se refere a práticas de pesquisa. O que permite concluir que o curso é uma proposta promissora para a formação de profissionais, principalmente na área da educação, com competências informacionais que os tornam capazes de formar indivíduos letrados.</p> Andrea Pereira dos Santos Larissa Andrade Batista Cavalcanti Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ 2020-12-23 2020-12-23 7 2 46 68 10.24208/rebecin.v7i2.208 Os Desafios do ensino de RDA em cursos de Biblioteconomia https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/203 <p>A adoção da norma RDA pelas bibliotecas brasileiras é uma realidade que demanda por reflexões e por compartilhamento das experiências. Nesse sentido o ensino da RDA nos cursos de Biblioteconomia é uma prioridade para preparar os futuros profissionais para essa transição e para a sua implementação, mas também se apresenta como um desafio. Nesse trabalho, será relatada a experiência do curso de Biblioteconomia de uma universidade brasileira na oferta de uma disciplina de introdução à RDA, planejada e implementada a partir das propostas presentes no manual para ensino de RDA de Margaret Mering, publicado em língua inglesa. O objetivo é compartilhar a experiência docente, os resultados obtidos e as dificuldades encontradas. Os pontos positivos do manual, as dificuldades de adequação da tradução, as atividades mais interessantes e desafiadoras e a metodologia serão destacadas. As considerações finais destacam as limitações identificadas neste estudo e faz a proposta de reflexões acerca da implementação da RDA. Além disso, será demonstrado também que, para o ensino, a assinatura não será uma obrigatoriedade, o que desonera os cursos de Biblioteconomia desse investimento.</p> Cíntia de Azevedo Lourenço Célia da Consolação Dias Gercina Ângela de Lima Benildes Coura Moreira dos Santos Maculan Elisangela Cristina Aganette Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ 2020-12-23 2020-12-23 7 2 69 88 10.24208/rebecin.v7i2.203 Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/224 <p>Apresenta a experiência do curso de graduação de Biblioteconomia da Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação – FaBCI da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP na implantação e utilização de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) desenvolvido na plataforma moodle, que proporciona um espaço para complementação teórica e prática das disciplinas, promovendo e impulsionando a competência informacional do estudante em novas tecnologias da informação e comunicação. O relato destaca o histórico de utilização do AVA no curso desde 2011, enfatizando sua intensificação a partir de março de 2020 durante o período do ensino remoto emergencial, detalhando as experiências didático-pedagógicas desenvolvidas, incluindo os recursos utilizados nas aulas pelos docentes e um panorama das atividades realizadas. As considerações finais do relato reafirmaram que toda a experiência adquirida e intensificada ampliou as competências dos envolvidos (docentes e discentes) no uso de recursos tecnológicos para a mediação do aprendizado, sem perder de vista a relação humana.</p> Valéria Martin Valls Derick Casagrande Santiago Wellington Ferreira Rodrigues Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ 2020-12-23 2020-12-23 7 2 89 104 10.24208/rebecin.v7i2.224