https://portal.abecin.org.br/rebecin/issue/feed Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação 2020-12-25T00:16:38-03:00 Martha Suzana Cabral Nunes marthasuzana@hotmail.com Open Journal Systems <p>A Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação (REBECIN) é uma revista com periodicidade semestral, registrada sob o ISSN 2358-3193, de acesso livre e gratuito publicada pela Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (ABECIN).</p> https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/228 Editorial 2020-12-25T00:15:00-03:00 Martha Suzana Cabral Nunes marthasuzana@hotmail.com 2020-12-23T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/189 Implicações da metodologia da problematização na Ciência da Informação 2020-12-25T00:16:38-03:00 Felipe Mozart de Santana Nascimento mozart.felipe@gmail.com Fábio Assis Pinho fabiopinho@ufpe.br Márcia Ivo Braz marciabraz.ufpe@gmail.com <p>O conceito de metodologias ativas e sua aplicação na Ciência da Informação ainda é considerado um tema escasso de estudo. Adotar metodologias que desenvolvem o fazer docente e o aprendizado discente é uma estratégia potencial no processo de ensino-aprendizagem. Este estudo objetiva apresentar a aplicação da Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez no ensino de conteúdos disciplinares de Organização da Informação e do Conhecimento nos cursos de Ciência da Informação. Considerada como uma pesquisa de natureza explicativa e bibliográfica, buscou-se o apoio em estudos de referência na Educação e na Ciência da Informação para caracterizar as ações pertencentes a metodologia em estudo e a aplicação desta no ensino docente. Para tanto estão caracterizados os pontos de ação do Arco de Maguerez, a saber: observação da realidade, pontos-chave, teorização, hipóteses de solução e aplicação à realidade. Estas ações integram o objetivo da Metodologia da Problematização, as ações do Arco de Maguerez e os temas de organização da informação e do conhecimento, resultado deste artigo.</p> 2020-12-23T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/191 Panorama dos Cursos de Graduação em Biblioteconomia a distância oferecidos no Rio Grande do Sul (RS) 2020-12-25T00:16:19-03:00 Andressa Tornquist andressatornquist@outlook.com <p class="Default" style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11.0pt; font-family: 'Arial',sans-serif;">Este artigo trata do ensino de Biblioteconomia a distância no Rio Grande do Sul e objetiva traçar um panorama do oferecimento desses cursos. A pesquisa inicia-se com busca de referencial teórico; desenvolve-se a partir da pesquisa no site do Sistema E-MEC do Ministério da Educação e da coleta de dados nos sites das instituições que oferecem tal curso a distância, buscando caracterizar tais cursos. Cinco são as universidades que os oferecem: quatro privadas e uma pública. O valor médio cobrado pelas mensalidades é de R$258,30. Os cursos têm duração média de 2.557,5 horas. Algumas universidades focam seus currículos nas disciplinas de conhecimentos gerais; outras em disciplinas relacionadas à informação e às TICs. Algumas disciplinas são comuns em todos os cursos analisados. Todos os cursos alvo desta pesquisa possuem autorização para funcionamento; no entanto, ainda nem todos foram avaliados pelo MEC. A Biblioteconomia é vista como uma profissão promissora por todas as universidades. Percebe-se que os cursos atendem ao exigido legalmente e também às demandas da formação profissional para o mercado de trabalho do Rio Grande do Sul. </span></p> 2020-12-23T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/208 Formação continuada e prática profissional 2020-12-25T00:15:40-03:00 Andrea Pereira dos Santos andreabiblio@ufg.br Larissa Andrade Batista Cavalcanti larissa.ufg@gmail.com <p>Professores e bibliotecários são agentes formadores de indivíduos letrados em informação no contexto escolar e como tal carecem de formação continuada para a ampliação das suas práticas pedagógicas.&nbsp; Nesse sentido, a Universidade Federal de Goiás oferta o curso de Especialização em Letramento Informacional: educação para informação a fim de minimizar a lacuna na formação desses profissionais. O propósito desta pesquisa consistiu em identificar a ampliação do conceito de letramento informacional bem como ampliação e melhoria das práticas pedagógicas e/ou profissionais dos participantes do curso. Justificou-se por buscar compreender como os diferentes tipos de profissionais aplicam o letramento nas suas práticas profissionais após a conclusão do curso. Apresenta fundamentação teórica em letramento informacional por meio da releitura de autores como Gasque e Campello, que se dedicam à pesquisa nessa área do conhecimento. Para tanto, a pesquisa foi realizada a partir de análise documental sobre o curso e aplicação de questionário aos alunos concluintes. Desse modo, os resultados indicam que houve ampliação nas práticas pedagógicas da grande maioria dos participantes, principalmente no que se refere a práticas de pesquisa. O que permite concluir que o curso é uma proposta promissora para a formação de profissionais, principalmente na área da educação, com competências informacionais que os tornam capazes de formar indivíduos letrados.</p> 2020-12-23T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/203 Os Desafios do ensino de RDA em cursos de Biblioteconomia 2020-12-25T00:15:59-03:00 Cíntia de Azevedo Lourenço cal@eci.ufmg.br Célia da Consolação Dias celiadias@gmail.com Gercina Ângela de Lima limagercina@gmail.com Benildes Coura Moreira dos Santos Maculan benildes@gmail.com Elisangela Cristina Aganette elisangelaaganette@gmail.com <p>A adoção da norma RDA pelas bibliotecas brasileiras é uma realidade que demanda por reflexões e por compartilhamento das experiências. Nesse sentido o ensino da RDA nos cursos de Biblioteconomia é uma prioridade para preparar os futuros profissionais para essa transição e para a sua implementação, mas também se apresenta como um desafio. Nesse trabalho, será relatada a experiência do curso de Biblioteconomia de uma universidade brasileira na oferta de uma disciplina de introdução à RDA, planejada e implementada a partir das propostas presentes no manual para ensino de RDA de Margaret Mering, publicado em língua inglesa. O objetivo é compartilhar a experiência docente, os resultados obtidos e as dificuldades encontradas. Os pontos positivos do manual, as dificuldades de adequação da tradução, as atividades mais interessantes e desafiadoras e a metodologia serão destacadas. As considerações finais destacam as limitações identificadas neste estudo e faz a proposta de reflexões acerca da implementação da RDA. Além disso, será demonstrado também que, para o ensino, a assinatura não será uma obrigatoriedade, o que desonera os cursos de Biblioteconomia desse investimento.</p> 2020-12-23T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/224 Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) 2020-12-25T00:15:20-03:00 Valéria Martin Valls valls@fespsp.org.br Derick Casagrande Santiago derick@fespsp.org.br Wellington Ferreira Rodrigues wellferreira@fespsp.org.br <p>Apresenta a experiência do curso de graduação de Biblioteconomia da Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação – FaBCI da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP na implantação e utilização de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) desenvolvido na plataforma moodle, que proporciona um espaço para complementação teórica e prática das disciplinas, promovendo e impulsionando a competência informacional do estudante em novas tecnologias da informação e comunicação. O relato destaca o histórico de utilização do AVA no curso desde 2011, enfatizando sua intensificação a partir de março de 2020 durante o período do ensino remoto emergencial, detalhando as experiências didático-pedagógicas desenvolvidas, incluindo os recursos utilizados nas aulas pelos docentes e um panorama das atividades realizadas. As considerações finais do relato reafirmaram que toda a experiência adquirida e intensificada ampliou as competências dos envolvidos (docentes e discentes) no uso de recursos tecnológicos para a mediação do aprendizado, sem perder de vista a relação humana.</p> 2020-12-23T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação