Programa de extensão Teia
PDF/A
HTML
XML

Palavras-chave

Agenda 2030. Biblioteca Escolar. Extensão Universitária.

Como Citar

BERNARDINO, M. C. R.; BASTOS, O. C. .; DANTAS, C. C. de C. .; SANTIAGO, M. R. G.; SOARES, F. F.; BELARMINO, J. M. P. . Programa de extensão Teia: diálogos entre a Graduação em Biblioteconomia e a Educação Básica. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Cristovão, v. 9, n. número especial, p. 1–23, 2022. DOI: 10.24208/rebecin.v9.341. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/341. Acesso em: 30 set. 2022.

Resumo

Trata sobre o programa de extensão universitária ‘Teia: advocacy para bibliotecas sustentáveis’, que tem o objetivo de construir uma rede de projetos, integrando biblioteca, escola e comunidade, a partir de um universo de 28 escolas distribuídas em 6 municípios. O programa Teia consta de 5 projetos que visa que atuam nos 4 eixos da Universidade Federal do Cariri: ensino, pesquisa, extensão e cultura. Este trabalho tem como objetivo apresentar o primeiro ano de um desses projetos, o ‘projeto Radar: monitoramento de ações e soluções inovadoras em prol da Agenda 2030’. O referencial teórico está voltado para os construtos de sustentabilidade, desenvolvimento sustentável e biblioteca escolar. Usou-se a pesquisa exploratória, com abordagem dialética e análise qualitativa e quantitativa. Os resultados apontam para 33 projetos nas escolas pesquisadas, atendendo a 10 dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e uma alta concentração no ODS 4: ‘educação de qualidade’, nos projetos desenvolvidos pelas bibliotecas escolares. Conclui-se que os projetos identificados congregam ações que se voltam para outros ODS que não os apontados no projeto original e que ações como as elencadas, evidenciam a relação dialógica entre a Universidade e a Escola, contribuindo, sobremaneira, para a formação acadêmica e cidadã dos atores envolvidos. Aponta-se ainda, as dificuldades no monitoramento das ações no ano de 2021 devido à Pandemia por Covid-19.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v9.341
PDF/A
HTML
XML

Referências

ACESSO e oportunidade para todos: como as bibliotecas contribuem para a agenda 2030 das Nações Unidas. [2017]. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/hq/topics/libraries-development/documents/access-and-opportunity-for-all-pt.pdf Acesso em: 27 mar. 2022.

AS BIBLIOTECAS e a implementação da agenda 2030 da ONU: https://www.ifla.org/files/assets/hq/topics/libraries-development/documents/libraries-un-2030-agenda-toolkit-pt.pdf. Acesso em: 27 set. 2021.

BRASIL. Projeto de Lei nº 9.484, de 06 de fevereiro de 2018. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2167716 Acesso em: 1 out. 2021.

CÔRTE, Adelaide Ramos e; BANDEIRA, Suelena Pinto. Biblioteca escolar. Brasília: Briquet de Lemos, 2011.

DIRETRIZES da IFLA para bibliotecas escolares. 2015. Disponível em: https://www.ifla.org/wp-content/uploads/2019/05/assets/school-libraries-resource-centers/publications/ifla-school-library-guidelines-pt.pdf Acesso em: 13 out. 2021.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2020.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

GUIA de interseccionalidades na Agenda 2030: para uma educação transformadora. Brasília: Universidade de Brasília, 2021. Disponível em: https://brasilnaagenda2030.files.wordpress.com/2021/09/guia-da-agenda-2030.pdf. Acesso em: 10 out. 2021.

NOSSO futuro em comum. 2. ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1991. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4245128/mod_resource/content/3/Nosso%20Futuro%20Comum.pdf. Acesso em: 29 mar. 2022.

ORGANIZAÇÕES das Nações Unidas. Rio + 20. 2012. Disponível em: http://www.rio20.gov.br/documentos/documentos-da-conferencia/o-futuro-que-queremos/at_download/the-future-we-want.pdf. Acesso em: 29 jan. 2021.

ORGANIZAÇÕES das Nações Unidas. A ONU no Brasil: 2012-2016. 2016. Disponível em: https://brasil.un.org/sites/default/files/2020-07/A-ONU-no-Brasil-2012-2016_Portugues.pdf. Acesso em: 29 mar. 2022.

PORTAL ODM Brasil. 2015. Disponível em: http://www.odmbrasil.gov.br/os-objetivos-de-desenvolvimento-do-milenio. Acesso em: 29 mar. 2022.

PROGRAMA Teia: projeto. Pró-Reitoria de Extensão, UFCA. Juazeiro do Norte: PROEXT, 2020.

RELATÓRIO Luz da Sociedade Civil Agenda 2030 de Desenvolvimento sustentável: Brasil: volume 5. 2021. Disponível em: https://brasilnaagenda2030.files.wordpress.com/2021/07/por_rl_2021_completo_vs_03_lowres.pdf Acesso em: 10 out. 2021.

RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

SACHS, Ignacy. O tripé do desenvolvimento includente: palestra magna. In: SEMINÁRIO DE INCLUSÃO SOCIAL, 2003, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: BNDES, 2003. Disponível em: http://ignacysachs.blogspot.com/2008/12/o-trip-do-desenvolvimento-includente.html Acesso em: 11 out. 2021.

SCHNEIDER, Eduarda Maria; FUJII, Rosângela Araújo Xavier; CORAZZA, Maria Júlia. Pesquisas quali-quantitativas: contribuições para a pesquisa em ensino e ciências. Revista Pesquisa Qualitativa, São Paulo, v. 5, n. 9, p. 569-584, dez. 2017. Disponível em: https://editora.sepq.org.br/rpq/article/view/157/100 Acesso em: 29 mar. 2022.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Maria Cleide Rodrigues Bernardino, Oriana César Bastos, Cícera Camila de Carvalho Dantas, Maria Raysa Gomes Santiago, Francisco Fábio Soares, José Matheus Pereira Belarmino