A formação do (a) bibliotecário (a) no contexto da Comunicação Científica
PDF/A
HTML
XML

Palavras-chave

Comunicação Científica
Formação do Bibliotecário

Como Citar

GUIMARÃES, M. V. de A. .; FELIPE, C. B. M. .; SANTOS, R. F. dos . A formação do (a) bibliotecário (a) no contexto da Comunicação Científica: análise das propostas pedagógicas de universidades federais e estaduais das regiões Sul e Sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Cristovão, v. 9, n. número especial, p. 1–17, 2022. DOI: 10.24208/rebecin.v9.320. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/320. Acesso em: 14 ago. 2022.

Resumo

A Comunicação Científica pode ser compreendida como difusão dos resultados, teorias e discussão das pesquisas científicas. O Bibliotecário tem uma atribuição primordial no que concerne ao trabalho com as fontes de informação relacionadas à Comunicação Científica, sendo um facilitador e mediador da informação científica e tecnológica. A presente pesquisa aborda a formação do Bibliotecário com relação à Comunicação Científica. Para tanto tem como objetivo investigar aspectos relativos ao ensino da Comunicação Científica na formação de bibliotecários (as). Os procedimentos metodológicos deste estudo foram empreendidos a partir da pesquisa bibliográfica, para a fundamentação teórica do estudo, seguida da pesquisa de caráter documental e exploratório. No que concerne à pesquisa documental, verificou-se os conteúdos das propostas pedagógicas dos componentes curriculares relacionados à Comunicação Científica em universidades federais e estaduais das regiões Sul e Sudeste do Brasil. Os resultados mostram que a maioria das universidades contemplam a Comunicação Científica na formação dos seus profissionais e que os seus componentes curriculares discutem questões relacionadas à Comunicação Científica como os canais e fontes de informação, além de questões ligadas à tecnologia. Conclui-se que as questões ligadas à Comunicação Científica estão presentes nos currículos dos cursos investigados, mas que ainda precisam ser atualizados com relação aos temas: ciência aberta, gestão de dados, ciência cidadã e combate às fake news.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v9.320
PDF/A
HTML
XML

Referências

ALVARADO, Rubén Urbizagástegui; OLIVEIRA, Marlene. A comunidade científica da biblioteconomia e ciência da informação brasileira. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 18, n. 1, 2008. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/95538. Acesso em: 11 mar. 2022.

BIOMANGUINHOS. Informações sobre o novo coronavírus. [S. l.]: Fundação Oswaldo Cruz, 2021. Disponível em: https://www.bio.fiocruz.br/index.php/br/sua-saude/informacoes-sobre-doencas/informacoes-coronavirus. Acesso em: 11 mar. 2022.

BUENO, Wilson Costa. Comunicação científica e divulgação científica: aproximações e rupturas conceituais. Informação & Informação, Londrina, v. 15, n. 1 especial, p. 1-12, 2010. Disponível em: https://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/6585 . Acesso em: 11 mar. 2022.

CUNHA, Murilo Bastos da; CAVALCANTI, Cordélia Robalinho de Oliveira. Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2008.

DIAS, Cláudia Augusto. Comunicação científica. Brasília, DF: [S. n.], 1999.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana. Em busca da pedagogia da emancipação na educação para a competência em informação sustentável. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, Campinas, v. 9, n. 2, p. 166-183, 2011. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/114226. Acesso em: 11 mar. 2022.

LE COADIC, Yves-François. A ciência da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

MAIA, Francisca Clotilde de Andrade; FARIAS, Maria Giovanna Guedes. Mediação bibliotecária na comunicação científica. In: FARIAS, Gabriela Belmont de; FARIAS, Maria Giovanna Guedes. Competência e Mediação da Informação: percepções dialógicas entre ambientes abertos e científicos. São Paulo: ABECIN, 2019.

OKADA, Tamires Cassia Rodrigues; ALCARÁ, Adriana Rosecler. O bibliotecário como educador e multiplicador da competência em informação. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v. 14, p. 786-807, 2021. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/166572. Acesso em: 12 mar. 2022.

RODRIGUES, Charles; BLATTMANN, Ursula. Gestão da informação e a importância do uso de fontes de informação para geração de conhecimento. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 19, n. 3, p. 4-29, 2014. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/50139. Acesso em: 10 mar. 2022.

SÁ, Dominichi Miranda de. Especial Covid-19: os historiadores e a pandemia. [S. l.]: Casa de Oswaldo Cruz, 2020. Disponível em: http://www.coc.fiocruz.br/index.php/pt/todas-as-noticias/1853-especial-covid-19-os-historiadores-e-a-pandemia.html. Acesso em: 11 mar. 2022.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHO Coronavirus (COVID-19) Dashboard. [S. l.: s. n.], 2022. Disponível em: https://covid19.who.int/. Acesso em: 11 mar. 2022.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Marcus Vinícius de Albuquerque Guimarães, Carla Beatriz Marques Felipe, Raimunda Fernanda dos Santos