Gamificação no ensino da classificação bibliográfica
PDF/A
HTML
XML

Palavras-chave

Classificação Decimal Dewey
Gamificação
Aprendizagem significativa
Metodologias ativas
Monitoria

Como Citar

SÁNCHEZ-TARRAGÓ, N.; VALE, M. S. P. .; MARQUES, M. A. de L. . . Gamificação no ensino da classificação bibliográfica: experiência na Universidade Federal do Rio Grande do Norte . Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Cristovão, v. 9, n. número especial, p. 1–11, 2022. DOI: 10.24208/rebecin.v9.328. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/328. Acesso em: 8 dez. 2022.

Resumo

Tem como objetivo descrever as inovações pedagógicas utilizando estratégias de gamificação desenvolvidas para a disciplina Classificação bibliográfica I, ministrada no curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A gamificação é a aplicação de mecanismos próprios de jogos em contextos não lúdicos, com o fim de resolver problemas e promover motivação e engajamento. As atividades foram elaboradas entre a professora e os alunos participantes em dois projetos de monitoria durante três semestres de 2020 e 2021, com foco na aprendizagem significativa dos discentes e no desenvolvimento de habilidades e aptidões pedagógicas nos alunos monitores. O planejamento teve em conta a definição de mecânicas, dinâmicas e estéticas de jogos para alcançar os objetivos pedagógicos. Foram utilizadas as ferramentas Wordwall (quiz) e Google Forms (jogos de escape) e como narrativas, temas atuais em debate (sustentabilidade, antirracismo), assim como séries, filmes e jogos de computador populares. Os discentes manifestaram satisfação com os exercícios propostos, maior motivação e engajamento durante sua execução e melhor compreensão dos conteúdos. Para os monitores foi uma oportunidade de revisão de conteúdo das disciplinas, e de aquisição de habilidades no planejamento de atividades didáticas e no uso destas plataformas com fins educativos.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v9.328
PDF/A
HTML
XML

Referências

AGRA, G. et al. Análise do conceito de Aprendizagem Significativa à luz da Teoria de Ausubel. Rev. Bras. Enferm., Brasília , v. 72, n. 1, p. 248-255, fev. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0691

BUSARELLO, R. I. Gamification: princípios e estratégias. São Paulo: Pimenta Cultural, 2016.

BUSARELLO, R. I.; ULBRICHT, V. R.; FADEL, L. M. A gamificação e a sistemática de jogo: conceitos sobre a gamificação como recurso motivacional. In: FADEL, L. M.; ULBRICHT, V. R.; BATISTA, C. R.; VANZIN, T. (org.). Gamificação na Educação. São Paulo: Pimenta Cultural, 2014.

DIESEL, A.; BALDEZ, A. L. S.; MARTINS, S. N. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Revista Thema, Pelotas, v. 14, n. 1, p. 268-288, 2017.

NAVES, M. M. L.; KURAMOTO, H. (org.) Organização da informação: princípios e tendências. Brasília: Briquet de Lemos, 2006.

ORTIZ-COLÓN, A. M.; JORDÁN, J.; AGREDA, M. Gamificación en educación: una panorámica sobre el estado de la cuestión. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 44, e173773, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1678-4634201844173773.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Nancy Sánchez-Tarragó, Mayara Shelley Pascoal Vale, Mikelly Alana de Lima Marques