A prática da curadoria de conteúdo em um projeto de extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
PDF-A
HTML
XML

Palavras-chave

Boas práticas
Mediação da informação
Curadoria de conteúdo
Cibermetria
Webometria

Como Citar

TANUS, G. F. de S. C.; REIS, D. C. .; FERREIRA, E. G. A. .; SILVA, I. C. O. da . A prática da curadoria de conteúdo em um projeto de extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Cristovão, v. 9, 2022. DOI: 10.24208/rebecin.v9.304. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/304. Acesso em: 1 fev. 2023.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar o Projeto de extensão ‘Observatório de Boas Práticas em torno do livro, da leitura, da literatura e da biblioteca’ e discutir seu papel enquanto um espaço de curadoria de conteúdo e de mediação da informação. Assim, pretendemos discutir o papel do bibliotecário enquanto mediador e curador, o que implica, efetivamente, na busca, no monitoramento, na seleção, na criação e na divulgação de informações. O projeto Boas Práticas nasceu da necessidade publicizar os feitos e as atividades realizadas nacionalmente e internacionalmente em torno dessas dimensões: livro, leitura, literatura, biblioteca, buscando incentivar a publicação de mais reportagens sobre o tema, bem como inspirar estudantes e bibliotecários a partir do conhecimento das boas práticas. O projeto encontra-se em andamento com postagens semanais nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter) e em site específico, o que tem sido produtivo ao possibilitar para a sociedade uma maior visibilidade das boas práticas que são do interesse teórico e prático da Biblioteconomia e da Ciência da Informação. É apresentado também as métricas aplicadas nas redes sociais (cibermetria) e no site do projeto (webometria) como forma de demonstrar o engajamento informacional dos usuários no tocante ao acesso e uso das informações que são disponibilizadas. Conclui que o acesso à informação é primordial para o reconhecimento das boas práticas e que o projeto em questão pode servir de inspiração para bibliotecários, favorecendo a concretização de uma Biblioteconomia mais engajada e atuante.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v9.304
PDF-A
HTML
XML

Referências

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Mediação da informação e múltiplas linguagens. Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, Brasília, v. 2, n. 1, p. 89-103, jan./dez. 2009.

ARAÚJO, Ronaldo Ferreira. Mídias sociais e comunicação científica: análise altmétrica em artigos de periódicos da ciência da informação. Em Questão, v. 21, n. 1, p. 96-109, 2015.Disponível em: DOI: 10.19132/1808-5245211.96-109 Acesso em: 20 dez. 2021.

BHARGAVA, Rohit. Manifesto for the content curator: the next big social media job of the future? 2009. Disponível em: http:// www.rohitbhargava.com/2009/09/manifesto-for-the-contentcurator-the-next-big-social-media-job-of-the-future.html. Acesso em: 27 nov. 2021.

BHARGAVA, Rohit. The 5 Models of content curation. 2011. Disponível em: http://www.rohitbhargava.com/2011/03/the-5- models-of-content-curation.html. Acesso em: 27 nov. 2021.

BJÖRNEBORN, Lennart. Small-world strutures across an academie web space: a library and information science approach. 2004. 399f. Dissertação (PhD em Ciência da Informação)- Departmentof Informations Studies, Royal School of Library and Information Science, Copenhagen, Denmark, 2004.

CARVALHO, Andréa Vasconcelos. Curadoria de conteúdo: entre os desafios e as perspectivas da gestão da informação digital. In: CARVALHO, Andréa Vasconcelos; BARBOSA NETO, Pedro Alves. Desafios e perspectivas em gestão da informação e do conhecimento. Natal: EDUFRN, 2020.

CORREIA, Ana-Paula. As múltiplas facetas da curadoria de conteúdos digitais. Revista docência e ciberespaço, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 14-32, set./dez. 2018.

DESCHAINE, Mark E.; SHARMA, Sue Ann. The Five Cs of Digital Curation: Supporting Twenty-First-Century Teaching and Learning. InSight: A Journal of Scholarly Teaching, Parkville, Missouri, USA, v. 10, p. 19-24, 2015.

FACHIN, Juliana. Mediação da informação na sociedade do conhecimento. Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, v. 27, n. 1, p. 25-41, jan./jun. 2013.

FERREIRA, Emanuelle Geórgia Amaral. Uma nova Biblioteconomia para a sociedade contemporânea. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 24, n. 1, 2019.

GUALLAR, Javier; LEIVA-AGUILERA, J. El content curator: guia básica para el nuevo profesional de internet. Barcelona: UOC, 2014.

GUALLAR, Javier; TRAVER, Paula. Curación de contenidos de bibliotecas en medios sociales: plataformas, técnicas y buenas prácticas. Anuario ThinkEPI, v. 15, e15d02, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.3145/thinkepi.2021.e15d02 Acesso em: Acesso em: 27 nov. 2021.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MACEDO, Thiarlei. Métricas de marketing digital sua aplicação nas aaões de marketing das organizações: estudo de caso múltiplos. 2014 (Dissertação de mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

RECUERO, Raquel. Curtir, compartilhar, comentar: trabalho de face, conversação e redes sociais no facebook. Verso e reverso, v. 28, n. 68, p. 117-127, 2014.

RECUERO, Raquel. Engajamento Social: o fim dos likes do Instagram e a necessidade de novas métricas. 2019. Disponível em: encurtador.com.br/kmtJ8. Acesso em: 25 maio 2021.

SANCHES, Gisele A. Ribeiro; RIO, Sinomar Ferreira do. Mediação da informação no fazer do bibliotecário e seu processo em bibliotecas universitárias no âmbito das ações culturais. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 1, n. 2, p. 103-121, jul./dez. 2010.

SPECIAL LIBRARY ASSOCIATION (SLA). Competencies for Special Librarians of the 21st Century. 2003. Disponível em: encurtador.com.br/ivwA1. Acesso em: 26 maio 2021.

SILVA, Ilaydiany Cristina Oliveira da. Aplicação de indicadores webométricos em Programas de Pós-graduação em engenharia recomendado pela CAPES. 2011. 13 f. Dissertação (Mestrado em Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.

SOUZA, Claudia (org.). Atuação dos profissionais da Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia em época de pandemia. Florianópolis, SC: Rocha Gráfica e Editora; Selo Nyota, 2020. p. 187-206. Disponível em: http://biblio.eci.ufmg.br/ebooks/2021010004.pdf. Acesso em: 25 maio 2021.

SILVA, Ilaydiany Oliveira da; GOUVEIA, Fabio Castro. Engajamento informacional nas redes sociais: como calcular?. AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento, v. 10, n. 1, p. 94-102, jan./abr. 2021.

SOUZA, E. Métricas em Mídias Sociais: pólvora comunicação, 2009. Disponível em: http://pt.slideshare.net/interney/mtricas-em-mdiassociais. Acesso em: 20 dez. 2021.

TANUS, Gabrielle Francinne de Souza Carvalho. Live sobre "As bibliotecas (contemporâneas ou mais do mesmo?) Diante da pandemia do Covid-19". Canal WebConCIB, [S.l.], 2020. (106 minutos). Disponível em: https://youtu.be/0k26QJ3knJE. Acesso em: 26 maio 2021.

TANUS, Gabrielle Francinne; REIS, Debora Crystina; FERREIRA,

Emanuelle Geórgia Amaral. Observatório de boas práticas em torno do livro, leitura, literatura e bibliotecas: espaço de mediação da informação. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Paulo, v. 9, n. número especial, p. 1–13, 2022. DOI: 10.24208/rebecin.v9.337. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/337. Acesso em: 13 dez. 2022.

TANUS, Gabrielle Francinne de Souza Carvalho; SILVA, Ilaydiany Cristina Oliveira da. Cartilha: curadoria de conteúdo para bibliotecários/as. Natal: [s.n], 2022. [E-book]. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/47577. Acesso em: 13 dez. 2022.

TERRA, Carolina Frazon; Carvalho, Eric. Street art: das margens da sociedade para a comunicação organizacional: o grafite no ambiente digital como técnica de branding para relacionamento com o público consumidor metropolitano. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE RELAÇÕES PÚBLICAS E COMUNICAÇÃO, 14., Salvador, Anais [...]. 2014. Disponível em: https://www.rpbahia.com/_files/ugd/8595da_44e0aa737d2d459ab8703db988807666.pdf. Acesso em: 13 dez. 2022.

VALLS, Valéria Martin. A ressignificação do fazer biblioteconômico frente a “nova” sociedade. Canal WebConCIB, [S.l.], 27 jun. 2020.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Gabrielle Francinne de S. C. Tanus, Débora Crystina Reis, Emanuelle Geórgia Amaral Ferreira, Ilaydiany Cristina Oliveira da Silva