Política de gestão de acervos
PDF/A
HTML
XML

Palavras-chave

Fundação Oswaldo Cruz
Arquivo
Acervo arquivístico
Política de organização do acervo

Como Citar

FERREIRA, C.; SANTANA, A. B. Política de gestão de acervos: arquivo da Fundação Oswaldo Cruz. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Cristovão, v. 9, n. número especial, p. 1–10, 2022. DOI: 10.24208/rebecin.v9.340. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/340. Acesso em: 8 dez. 2022.

Resumo

O presente trabalho apresenta informações sobre o arquivo da Fundação Oswaldo Cruz, tal qual políticas de organização do seu acervo em meio físico, desenvolvidas pelo Sistema de Gestão de Documentos e Arquivos, e digital, por meio da Base de Dados ARCH, e seus respectivos procedimentos arquivísticos. Dedicou-se a explanar conceitos sobre arquivos e realizar levantamentos sobre o acondicionamento das diversas obras presentes nas unidades da instituição em questão, com o objetivo de disseminar informações sobre o processo de armazenamento dos documentos de uma instituição pública da área de saúde, discorrendo sobre sua política de gestão de acervos. A pesquisa se configura, quanto aos fins, como descritiva e bibliográfica com literatura recuperada na Base de Dados em Ciência da Informação e no próprio site da instituição, sendo um estudo de caso quanto aos meios. O método de coleta de dados foi uma entrevista realizada no ano de 2019 com onze perguntas redigidas via email à chefe do serviço de Gestão de Documentos da instituição sobre seu arquivo. Considerando os relatos obtidos na entrevista, é possível afirmar que o arquivo da instituição segue diversas políticas estabelecidas para os determinados meios de acondicionamento (físico ou digital) que facilitam a disseminação da informação e o acesso do público ao acervo da instituição.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v9.340
PDF/A
HTML
XML

Referências

ACERVO arquivístico. Casa de Oswaldo Cruz. Disponível em: http://coc.fiocruz.br/index.php/pt/patrimonio-cultural/acervo-arquivistico. Acesso em: 17 out. 2021.

MEDEIROS, N. L.; AMARAL, C. M. G. A representação do ciclo vital dos documentos: uma discussão sob a ótica da gestão de documentos. Em Questão, v. 16, n. 2, p. 297-310, 2010. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/11041. Acesso em: 17 out. 2021.

PADILHA, R. C. Documentação Museológica e gestão de acervo. Florianópolis: FCC, 2014. Disponível em: http://docplayer.com.br/8212981-Documentacao-museologica-e-gestao-de-acervo.html. Acesso em: 17 out. 2021.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Carolina Ferreira, Ana Beatriz Santana