Estudo comparativo de terminologias da área jurídica em sistemas de classificação bibliográfica à luz do Código de Processo Civil brasileiro
pdf
html
xml

Palavras-chave

Vocabulário especializado; Sistemas de organização e representação do conhecimento; Classificação Decimal Universal; Classificação Decimal de Direito; Código de Processo Civil.
Specialized vocabulary; Organization Systems and knowledge representation; Decimal Universal Classification; Decimal Classification of Law; Civil Procedure Code.

Como Citar

Fogaça, M. G., & Nogueira Cervantes, B. M. . (2021). Estudo comparativo de terminologias da área jurídica em sistemas de classificação bibliográfica à luz do Código de Processo Civil brasileiro. Revista Brasileira De Educação Em Ciência Da Informação, 8. https://doi.org/10.24208/rebecin.v8i.276

Resumo

Analisa o vocabulário especializado para a representação do conhecimento no âmbito da área Jurídica como linguagem de busca, isso em razão de uma representação de conceitos por meio de termos, tendo em vista a obtenção de uma linguagem consistente e compatível com a demanda em áreas especializadas. Com foco na análise das terminologias da área jurídica presentes nos sistemas Classificação Decimal Universal (CDU) e Classificação Decimal de Direito e/ou Classificação da Doris (CDDir) à luz do Código de Processo Civil. Com relação à metodologia, caracterizou-se como uma pesquisa bibliográfica e documental, quanto aos seus objetivos, como descritiva e exploratória, com procedimento comparativo e, ainda, abordagem qualitativa. Assim, foram analisados os termos identificados no Código de Processo Civil, compreendidos na subárea dos Recursos. Baseando-se na análise dos resultados obtidos, foi possível destacar alguns aspectos, tais como: a temporalidade dos sistemas, a formação do conceito, a relação hierárquica, a relação de equivalência, e dessa maneira, atingindo o objetivo principal deste estudo. Conclui-se que os sistemas de classificação CDU e CDDir podem ser considerados compatíveis em relação ao Código de Processo Civil.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v8i.276
pdf
html
xml

Referências

ANDRADA, José Bonifácio Borges. Prefácio. In: CARVALHO, Doris de Queiroz. Classificação decimal de direito. 4. ed. Brasília: Presidência da República, 2002. Disponível em: http://legislacao.planalto.gov.br/cddir/cddir.nsf. Acesso em: 18 jun. 2012.

BAPTISTA, Dulce Maria; ARAÚJO JÚNIOR, Rogério Henrique de; CARLAN, Eliana. O escopo da análise da informação. In: ROBREDO, Jaime; BRÄSCHER, Marisa (Org.). Passeios pelo bosque da informação: estudos sobre representação e organização da informação e do conhecimento. Brasília: IBICT, 2010. p. 62-79

BARITÉ, Mário. Organización del conocimiento: un nuevo marco teórico-conceptual en Bibliotecologia y Documentación. In: CARRARA, Kester (Org.). Educação, universidade e pesquisa. Marília: FAPESP, 2001. p. 35-60.

BARITÉ, Mário. Sistemas de organización del conocimiento: una tipología actualizada. Informação e Informação, Londrina, v. 16, n. esp., p. 122-139, jan./jun. 2011. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/9952/9286. Acesso em: 3 jun. 2012.

BOCCATO, Vera Regina Casari. Linguagem documentária na representação e recuperação da informação pela perspectiva sociocognitiva em ciência da informação. In: BOCCATO, Vera Regina Casari; GRACIOSO, Luciana de Souza (Org.). Estudos de linguagem em ciência da informação. Campinas: Alínea, 2011.

BRASIL. Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973. Institui o Código de Processo Civil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L5869.htm. Acesso em: 23 jun.2011.

CARVALHO, Doris de Queiroz. Classificação decimal de direito. 4. ed. Brasília: Presidência da República, 2002.

CERVANTES, Brígida Maria Nogueira. Terminologia do processo de inteligência competitiva: estudo teórico e metodológico. Londrina: Eduel, 2006.

CINTRA, Anna Maria Marques; TÁLAMO, Maria de Fátima Gonçalves Moreira; LARA, Marilda Lopes Ginez de; KOBASHI, Nair Yumiko. Para entender as linguagens documentárias. 2. ed. São Paulo: Polis, 2002.

CUNHA, Murilo Bastos; CAVALCANTI, Cordélia Robalinho de Oliveira. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília: Briquet de Lemos, 2008.

FOGAÇA, Maria Giovane. Estudo comparativo de terminologias da área jurídica em sistemas de classificação bibliográfica à luz do Código de Processo Civil brasileiro: com ênfase na Classificação Decimal Universal e Classificação Decimal de Direito. 2012. 91f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Biblioteconomia) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2012.

FOGAÇA, Maria Giovane; CERVANTES, Brígida Maria Nogueira. Estudo de terminologias da área jurídica em sistemas de organização do conhecimento à luz do Código de Processo Civil brasileiro: com ênfase na Classificação Decimal Universal e Classificação Decimal de Direito. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO; SEMINÁRIO NACIONAL DE DOCUMENTAÇÃO E INFORMAÇÃO JURÍDICA, 25., 4., 2013, Florianópolis. Anais [...], Florianópolis: FEBAB, 2013. p. 5320-5340.

GUIMARÃES, José Augusto Chaves; MARTINEZ, Marisa Luvizutti Coiado. Organização temática da doutrina jurídica: elementos metodológicos para uma proposta de extensão da Classificação Decimal de Direito. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 18, n. 1, p. 67-77, jan./abr. 2008. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/1718/1639. Acesso em: 4 abr. 2011.

GUIMARÃES, José Augusto Chaves. Perspectivas de ensino e pesquisa em organização do conhecimento em cursos de biblioteconomia: uma reflexão. In: CARRARA, Kester (Org.). Educação, universidade e pesquisa. Marília: FAPESP, 2001. p. 29-34.

HJØRLAND, Birger. What is Knowledge Organization (KO)?. Knowledge Organization, Würzburg, v. 35, n. 2/3, p. 86-101, 2008.

PASSOS, Edilenice; BARROS, Lucivaldo Vasconcelos. Fontes de informação para pesquisa em Direito. Brasília: Briquet de Lemos, 2009.

SILVA, Andréia Gonçalves. Fontes de informação jurídica: conceitos e técnicas de leitura para o profissional da informação. Rio de Janeiro: Interciência, 2010.

SILVA, Erly Rosa da; MENDONÇA, Adriano David de; TAVARES, Daniel Moreira; SCARDIGNO, Daniela; SILVA, Fernando Marciano; OLIVEIRA, Geane Cristina de; LEITE JUNIOR, Geosman Franncisco; PINHEIRO, Ledijanes da Silva; PAULA, Taynan Cristina de; Terminologia como ciência fundamental à sociedade moderna. Revista Ícone, São Luiz de Montes Belos, v. 8, p. 114-122, jul. 2011.

UDC CONSORTIUM. Classificação decimal universal. 2. ed. Brasília: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, 2007.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.