A temática diversidade sexual na Ciência da Informação: a perspectiva da responsabilidade social
PDF

Palavras-chave

Ciência da Informação
Responsabilidade Social
Diversidade Sexual.

Como Citar

SANTOS, R. N. R. dos; TARGINO, M. das G.; FREIRE, I. M. A temática diversidade sexual na Ciência da Informação: a perspectiva da responsabilidade social. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Cristovão, v. 4, n. 1, p. 114–135, 2017. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/57. Acesso em: 9 dez. 2022.

Resumo

Apresenta resultados de pesquisa bibliográfica sobre a produção científica brasileira no campo da Ciência da Informação acerca da temática diversidade sexual. Consideram-se as reflexões epistemológicas acerca da responsabilidade social da Ciência da Informação. Empiricamente, é visível que a posição dos Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros possui pouca ou nenhuma representatividade na literatura da área da Ciência da Informação, em termos de Brasil. O levantamento bibliográfico foi realizado na Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação, em agosto de 2016. O contexto teórico-conceitual relaciona a responsabilidade social da Ciência da Informação com a questão da diversidade sexual. Os resultados apontam que a Ciência da Informação brasileira ainda tem pouca produção acerca da temática da diversidade sexual e indivíduos LGBT, necessitando atuar mais nessa questão haja vista a diversidade ser também um elemento para a construção da responsabilidade social de um campo científico.

PDF

Referências

BARROS, Aidil Jesus Paes; LEHFELD, Neide Aparecida de Souza. Fundamentos de metodologia científica. 3.ed. São Paulo: Makron, 2007.

BASE DE DADOS REFERENCIAIS DE ARTIGOS DE PERIÓDICOS EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. Sobre. 2016. Disponível em: <http://basessibi.c3sl.ufpr.br/brapci/>. Acesso em: 1 jul. 2017.

BORKO, H. Information Science: what is it? American Documentation, v.19, n.1, p.3-5, Jan. 1968. Disponível em: <https://www.marilia.unesp.br/Home/Instituicao/Docentes/EdbertoFerneda/k---artigo-01.pdf>. Acesso em: 19 maio 2017.

BRASILEIRO, Fellipe Sá; GONÇALVES, Eveline Filgueiras; TARGINO, Maria das Graças. Novas perspectivas para a responsabilidade social universitária: reflexão sobre o Projeto de Educação Popular e Apoio à Saúde Da Família - Universidade Federal da Paraíba. Revista FSA, Teresina, v.11, n.3, p.208-229, jul./set. 2014. Acesso em: 10 jul. 2017.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

CRONIN, Blaise. The sociological turn in information science. Journal of Information Science, v.34, p.465-475, 2008. Acesso em: 1 jun. 2017.

ESPÍNDOLA, Carolina Bonoto. Cidadania na sociedade em rede: o ciberativismo e o combate à LGBTfobia. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIREITO E CONTEMPORANEIDADE, 3. 2015, Santa Maria. Anais... Santa Maria: UFSM, 2015.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: a vontade de saber. São Paulo: Graal, 2005.

FREIRE, Isa Maria. A responsabilidade social da Ciência da Informação e/ou O olhar da consciência possível sobre o campo científico. 2001. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, 2001.

FREIRE, Isa Maria. A responsabilidade social da Ciência da Informação na perspectiva da consciência possível. DataGramaZero, v.5, n.1, fev. 2004. Acesso em: 1 jul. 2017.

FREIRE, Gustavo Henrique de Araújo; FREIRE, Isa Maria. Introdução à Ciência da Informação. João Pessoa: UFPB, 2009.

GINZBURG, C. Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

GONZÁLEZ DE GÓMEZ, Maria Nélida. Desafios contemporâneos da ciência da informação: as questões éticas da informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 10., 2009, João Pessoa. Anais... João Pessoa: UFPB, 2009. p.106-126.

________. Escopo e abrangência da Ciência da Informação e a Pós-Graduação na área: anotações para uma reflexão. Transinformação, Campinas, v.15, n.1, p.31-43, jan./abr. 2003. Acesso em: 10 jun. 2017.

INSTITUTO ETHOS DE EMPRESAS E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Indicadores Ethos de Responsabilidade Empresarial. 2013. Disponível em: <http://www3.ethos.org.br/wp-content/uploads/2013/07/IndicadoresEthos_2013_PORT.pdf>. Acesso em: 18 jul. 2017.

MAY, Tim. Pesquisa social: questões, métodos e processos. Porto Alegre: Artmed, 2004.

PINTO, Virgínia Bentes; CAVALCANTE, Lídia Eugênia. Pesquisa bibliográfica e documental: o fazer científico em construção. In: BENTES PINTO, Virgínia; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregório; CAVALCANTE, Lídia Eugênia. Aplicabilidades metodológicas em Ciência da Informação. Fortaleza: UFC, 2015. p.15-34.

SERAFIM, Lucas Almeida; FREIRE, Gustavo Henrique de Araújo. Ação de responsabilidade social para competências em informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.17, n.3, p.155-173, jul./set. 2012. Acesso em: 1 jun. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Faculdade de Informação e Comunicação. Comunicação e Informação: foco e escopo. Goiânia, 2017. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/ci/about/editorialPolicies#focusAndScope>. Acesso em: 16 mar. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE. Instituto de Ciências Humanas e Informação. Biblos: foco e escopo. Rio Grande, 2017. Disponível em: <https://www.seer.furg.br/biblos/about/editorialPolicies#focusAndScope>. Acesso em: 16 mar. 2017.

WALSH, John. Librarians and controlling disinformation: is multi-literacy instruction the answer? Library Review, v.59, n.7, p.498-511, 2010. Acesso em: 1 jul. 2017.

WERSIG, Gernot. Information science: the study of postmodern knowledge usage. Information Processing & Management, v.29, n.2, 1993.

WERSIG, Gernot; NEVELING, U. The phenomena of interest to information science. The Information Scientist, v.9, n.4, 1975.

A ABECIN detém os direitos autorais dos trabalhos que publica, adotando as licenças do Creative Commons, exceto quando houver indicação específica de outros detentores de direitos autorais. Em caso de dúvidas, solicitamos consultar o Editor da REBECIN. Por meio dessa licença, o(s) autor(es) tem/têm a liberdade de compartilhar — copiar, distribuir e transmitir a obra, sob as seguintes condições:

a) atribuição — você deve creditar a obra da forma especificada pelo(s) autor(es) ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

b) uso não-comercial — você não pode usar esta obra para fins comerciais.

c) vedada à criação de obras derivadas — você não pode alterar, transformar ou criar em cima desta obra.

Evidencia-se que:

a) renúncia — qualquer das condições acima pode ser renunciada se obtiver permissão do titular dos direitos autorais.

b) domínio público — onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.

c) outros direitos — os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:

- Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;

- Os direitos morais do(s) autor(es);

- Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.

O(s) autor(es) submeteu(ram) a declaração de responsabilidade e transferência de direito autoral à REBECIN. Para tanto, faça o download do modelo da declaração acessando a URL: https://portal.abecin.org.br/rebecin/

Obs.: Após ler e assinar envie o arquivo digitalizado junto com a submissão.