Sistema de Informação Especializado em Transporte Urbano
PDF
HTML
XML

Palavras-chave

Transporte urbano
Sistemas de informação
Base de dados
Modelagem de dados
Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos

Como Citar

Felipe Souza Silva, L. ., & Silva, M. B. da. (2021). Sistema de Informação Especializado em Transporte Urbano: proposta de Base de Dados para a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU). Revista Brasileira De Educação Em Ciência Da Informação, 8. https://doi.org/10.24208/rebecin.v8i.288

Resumo

Pesquisa que apresenta uma proposta de desenvolvimento de uma base de dados especializada em transporte urbano, que referencie informações disponíveis na web para uso dos funcionários da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, a fim de contribuir na domada de decisões. Fundamenta-se em transporte urbano, sistemas de informação, base de dados e modelagem de dados. Objetiva-se, a partir de um estudo de caso caracterizado como aplicado, bibliográfico e exploratório, propor uma base de dados de referência sobre transporte urbano a ser adotada na prestação de serviços informacionais desenvolvidos pela instituição. Apresenta, como resultados da pesquisa, uma aplicação desenvolvida por meio do Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados Microsoft Access 2013, oferecendo cadastro (referência) de materiais, como artigos, vídeos, apresentações, capítulos de livros, matérias de jornais entre outros, e consultas, que podem ser realizadas em buscas por título, autor ou assunto. Concluiu-se que o bibliotecário pode atuar no processo de construção da base de dados de referência NTU, a partir de uma modelagem de dados que considerou atributos espelhados no Anglo-American Cataloguing Rules (second edition), para o cadastro dos materiais, e definiu os tipos de dados do sistema e o modelo de banco de dados para a prototipagem, o que permitiu disponibilizar e recuperar informações relevantes, a partir de buscas por título, autor e assunto, e direcionar os usuários à fonte original e completa.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v8i.288
PDF
HTML
XML

Referências

BRASIL. Lei n° 12.587, de 3 de janeiro de 2012. Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Brasília: Presidência da República, 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12587.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

CEDÓN, B. V. Bases de Dados de Informações para Negócios. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 2, p. 30-43, maio/ago. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v31n2/12906.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

DATE, C. J. Banco de Dados: fundamentos. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1990.

DIAS, W. M. D.; SILVA, M. N. O. Uso de Base de Dados em Bibliotecas Brasileiras e Americanas. Revista de Biblioteconomia de Brasília, Brasília, v. 15, n. 2, p. 203-215, jul./dez. 1987. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/89443‎. Acesso em: 11 jun. 2021.

FERREIRA, S. M. S. P. Bases de Dados. 1999. Disponível em: http://www.eca.usp.br/prof/sueli/cbd201/bases.htm. Acesso em: 11 jun. 2021.

HEUSER. C. A. Projeto de banco de dados. 4. ed. Porto Alegre: Editora Sagra Luzzatto, 1998. (Livros Didáticos, 4)

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Indicadores de mobilidade urbana da PNAD 2012. Comunicados do IPEA, Brasília, n. 161, 24 out. 2013.

LAUDON, K. C.; LAUDON, J. P. Sistemas de Informação. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora LTC, 1999.

LOPES, I. L. Estratégia de busca na recuperação da informação: revisão da literatura. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 2, p. 60-71, maio/ago. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v31n2/12909.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

O’BRIEN, J. A. Sistemas de Informação e as decisões gerenciais na era da Internet. São Paulo: Saraiva, 2004.

ROWLEY, J. A Biblioteca Eletrônica. Brasília: Briquet de Lemos, 2002.

ROWLEY, J. Informática para biblioteca. Brasília: Briquet de Lemos, 1994.

SILVA, M. B.; NEVES, D. A. B. Prototipagem de Banco de Dados: o uso da teoria da classificação facetada na modelagem de dados. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIENCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 13., 2012, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2012.

SOMMERVILLE, I. Engenharia de Software. 6. ed. São Paulo: Addison-Wesley, 2003.

A ABECIN detém os direitos autorais dos trabalhos que publica, adotando as licenças do Creative Commons, exceto quando houver indicação específica de outros detentores de direitos autorais. Em caso de dúvidas, solicitamos consultar o Editor da REBECIN. Por meio dessa licença, o(s) autor(es) tem/têm a liberdade de compartilhar — copiar, distribuir e transmitir a obra, sob as seguintes condições:

a) atribuição — você deve creditar a obra da forma especificada pelo(s) autor(es) ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

b) uso não-comercial — você não pode usar esta obra para fins comerciais.

c) vedada à criação de obras derivadas — você não pode alterar, transformar ou criar em cima desta obra.

Evidencia-se que:

a) renúncia — qualquer das condições acima pode ser renunciada se obtiver permissão do titular dos direitos autorais.

b) domínio público — onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.

c) outros direitos — os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:

- Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;

- Os direitos morais do(s) autor(es);

- Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.

O(s) autor(es) submeteu(ram) a declaração de responsabilidade e transferência de direito autoral à REBECIN. Para tanto, faça o download do modelo da declaração acessando a URL: https://portal.abecin.org.br/rebecin/

Obs.: Após ler e assinar envie o arquivo digitalizado junto com a submissão.