O contexto da política de indexação em arquivo permanente

um estudo de observação participante da prática profissional de arquivistas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24208/rebecin.v8i.265

Palavras-chave:

Política de Indexação, Arquivo Permanente, Observação Participante

Resumo

A política de indexação é constituída por diretrizes para tomada de decisão pelo profissional indexador que visam a padronização e sistematização do processo de representação temática da informação de documentos, porém, esse tema é pouco explorado no cenário dos arquivos permanentes. Com o objetivo de identificar e caracterizar a política de indexação em arquivos permanentes foi realizado estudo de observação participante no Centro de Documentação e Memória da Unesp (CEDEM) com aplicação de três técnicas de coleta de dados: questionário adaptado das bibliotecas para os arquivos permanentes, entrevista e a técnica introspectiva do protocolo verbal. Os resultados obtidos das coletas de dados revelam que a falta de manual ou roteiro de procedimentos de uma política de indexação, podem acarretar em falta de padrões que facilitem a atividade do profissional atuante em um arquivo permanente, por mais que os documentos possuam especificidades diferentes de uma biblioteca. Conclui-se que existe carência de estudos em torno da política de indexação em concomitância com os arquivos permanentes, e dessa forma, dificulta a atividade do profissional de indexação/descrição temática, que no caso do CEDEM, seria imprescindível para garantir melhor resultado na recuperação da informação, devido ao baixo número de pessoas dedicadas à essa atividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CARNEIRO, M. V. Diretrizes para uma política de indexação. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, Belo Horizonte, v. 14, n. 2, p. 221-241, set. 1985.

COSTA PINTO, M. O papel da indexação na recuperação da informação em arquivos. In: BLANCO, P. S.; SIQUEIRA, M. N.; VIEIRA, T. O. (org.). Ampliando a discussão em torno de documentos audiovisuais, iconográficos, sonoros e musicais. Salvador: Edufba, 2016. p. 137-145.

FUJITA, M. S. L. A política de indexação para representação e recuperação da informação. In: GIL LEIVA, I.; FUJITA, M. S. L. (org.). Política de indexação. São Paulo; Marília: Cultura Acadêmica; Oficina Universitária, 2012, p. 17-30.

FUJITA, M. S. L.; GIL LEIVA, I. Políticas de indexação na América Latina, Ibersid, p. 155-162, 2009.

FUJITA, M. S. L. Política de indexação para bibliotecas. Marília: UNESP; CNPq, 2010. (Projeto de Pesquisa).

FUJITA, M. S. L.; NARDI, M. I. A.; FAGUNDES, S. A. A observação da leitura documentária por meio de protocolo verbal. In: RODRIGUES, G. M.; LOPES, I. L. (Org). Organização e representação do conhecimento na perspectiva da ciência da informação. Brasília: Thesaurus, 2003. p. 141-178. (Estudos avançados em ciência da informação, v. 2).

FUJITA, M. S. L.; RODRIGUEZ, S. T. Política de indexação no contexto da política arquivística de preservação digital do Centro de Documentação e Memória da UNESP - CEDEM. PragMATIZES - Revista Latino Americana de Estudos em Cultura, Niterói, v. 16, p. 91-110, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.22409/pragmatizes.v0i16.27982. Acesso em: 10 mar. 2021.

RUBI, M. P. A política de indexação na perspectiva do conhecimento organizacional. 2004. 135f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2004.

SANTOS, N. S. Política de indexação para bibliotecas: relatório. Marília: Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, 2014. Bolsa do Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico CNPq.

Publicado

28-10-2021

Como Citar

NAKAGAWA, J.; FUJITA, M. O contexto da política de indexação em arquivo permanente: um estudo de observação participante da prática profissional de arquivistas. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, São Paulo, v. 8, 2021. DOI: 10.24208/rebecin.v8i.265. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/265. Acesso em: 12 jun. 2024.