Descobrindo trajetórias
PDF
HTML
XML

Palavras-chave

Museologia; Primeiro Congresso Nacional de Museus; ICOM Brasil; Ciência da Informação; Museus.

Como Citar

Gianini Reys, N., & de Abreu Gomes, A. L. . (2021). Descobrindo trajetórias: análises, aspectos e idealizadores do I Congresso Nacional de Museus de 1956 e Ouro Preto. Revista Brasileira De Educação Em Ciência Da Informação, 8. https://doi.org/10.24208/rebecin.v8i.256

Resumo

A presente pesquisa, apresenta por meio de análise de fontes documentais primárias e secundárias, o Primeiro Congresso Nacional de Museus realizado em Ouro Preto no ano de 1956. A partir da observação da dificuldade em encontrar bibliografia que tratasse o tema, verificou-se a necessidade de iniciar a busca em periódicos presentes na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Diante das fontes jornalísticas analisadas, identificou-se um núcleo de pessoas ativas nas decisões culturais dos anos 1950, mais especificamente que se envolviam com museus e que estas permaneceram quase as mesmas entre os anos 1930 e 1950. As agências que estiveram presentes no I Congresso, bem como seus agentes revelam trajetórias individuais e coletivas, em prol dos museus e seu desenvolvimento. Percebeu-se durante a realização da pesquisa que, os museus desempenharam um caráter internacional, pautado principalmente pelo intercâmbio de seus profissionais. Membros da Organização Nacional do ICOM juntamente com demais técnicos e profissionais que atuavam nos museus brasileiros e em agências do patrimônio se reuniram pela primeira vez em Ouro Preto, para a realização do evento em 1956, buscando a troca de conhecimentos, discutindo problemáticas e repensando soluções acerca da realidade dos museus brasileiros.

https://doi.org/10.24208/rebecin.v8i.256
PDF
HTML
XML

Referências

BOURDIEU, P. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2007.

FARIA, L. C. Nacionalismo e nacionalismos: dualidade e polimorfia. In: CHUVA, M. (Org.). A invenção do patrimônio. Brasília, DF: MinC/Iphan, 1995.

INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Museus em Números. Brasília, v. 1, 2011.

LOPES, M. M. Sobre Fragmentos do Conhecimento Museológico no Nordeste brasileiro: uma entre muitas outras possíveis introduções. In: BRITTO, C. C.; CUNHA, M. N. B.; CERÁVOLO, S. M. Estilhaços da Memória: o Nordeste e a reescrita das práticas museais no Brasil. Goiânia: Editora Espaço Acadêmico; Salvador: UFBA, 2020. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39425. Acesso em: 22 fev. 2021.

MIGLIEVICH-RIBEIRO, A. Heloísa Alberto Torres e Marina de Vasconcellos: pioneiras na formação das ciências sociais no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 2015.

A ABECIN detém os direitos autorais dos trabalhos que publica, adotando as licenças do Creative Commons, exceto quando houver indicação específica de outros detentores de direitos autorais. Em caso de dúvidas, solicitamos consultar o Editor da REBECIN. Por meio dessa licença, o(s) autor(es) tem/têm a liberdade de compartilhar — copiar, distribuir e transmitir a obra, sob as seguintes condições:

a) atribuição — você deve creditar a obra da forma especificada pelo(s) autor(es) ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

b) uso não-comercial — você não pode usar esta obra para fins comerciais.

c) vedada à criação de obras derivadas — você não pode alterar, transformar ou criar em cima desta obra.

Evidencia-se que:

a) renúncia — qualquer das condições acima pode ser renunciada se obtiver permissão do titular dos direitos autorais.

b) domínio público — onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.

c) outros direitos — os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:

- Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;

- Os direitos morais do(s) autor(es);

- Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.

O(s) autor(es) submeteu(ram) a declaração de responsabilidade e transferência de direito autoral à REBECIN. Para tanto, faça o download do modelo da declaração acessando a URL: https://portal.abecin.org.br/rebecin/

Obs.: Após ler e assinar envie o arquivo digitalizado junto com a submissão.